chaos is my peace

"She has got so much love in her heart. But the thought of letting it out, showing her cards, scares her to death."

«

Um dia eu conheci, uma garota diferente dessas por ai, não tinha minima vergonha ou medo de sorrir, incendiava qualquer lugar chato, ou qualquer noite longa e fria. E quando a vi chegar, sentia aquela força me desalinhar, a rosa com espinhos feitos pra furar, queria ser independente, transformava tudo em uma briga, mas ela me ensinou, algumas coisas eu confesso nunca aprendi, só concordava e continuava a sorrir, ouvindo aquela voz falando sobre coisas que eu não entendia, á pedi pra ficar, mostrei a ela tudo o que eu podia dar, gastei palavras, gestos para confortar, mas não suficiente para transformar a essência de uma alma feita pra fugir. Então ela seguiu, fugindo do nascer do sol e da preocupação, segura de estar seguindo próprio coração, mostrando sua cor no meio dessa multidão de tons de cinza, e quando chegar ao fim, nem mesmo uma velha paixão a reconhecerá, perdeu seus velhos traços ao longo do caminhar, pagou à liberdade o preço de uma vida errante e bem vivida, mas ela foi feliz, de um jeito que a sociedade nunca entenderá, provou todas as sensações que podia provar, sentiu a tempestade lhe tocar e transformou-se em uma brisa, que hoje eu sinto aqui, de vez em quando vem em minha janela assoviar, cantar canções que aprendera em outro lugar, e povoar meus sonhos para me lembrar que hoje ainda é viva, dentro de mim.

Dandis  (via sindrometria) +
the-uncensored-she:

Israel: A US- and Western-sponsored Terrorist State.

the-uncensored-she:

Israel: A US- and Western-sponsored Terrorist State.

+

Some problems we share as women, some we do not. You fear your children will grow up to join the patriarchy and testify against you, we fear our children will be dragged from a car and shot down in the street, and you will turn your backs upon the reasons they are dying.

Audre Lorde, “Age, Race, Class, and Sex,” Sister Outsider (via cyanine) +
+
+
+
+
naeive:

The Mother and The Whore (1973)

naeive:

The Mother and The Whore (1973)

+
eumechamoantonio:

não posso me ferir por alguém que não me cicatriza.

eumechamoantonio:

não posso me ferir por alguém que não me cicatriza.

+

Qual é o sentido de estar vivo se você nem ao menos tenta fazer algo extraordinário?

O Teorema Katherine (via biblioteca-ambulante) +
Powered by Tumblr & Themed by Fusels